segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Essa semana foi uma loucura. Passou tão depressa. Domingo passado fui em um aniversário, comi até não poder mais. Minha vida amorosa continua como sempre foi. Um desastre. Eu e o Rafa já estamos bem, melhor do que nunca, pra ser sincero. Ele é o melhor amigo que alguém pode querer. <3

"Time goes by, so slowly". O dia que a Madonna escreveu esa música, ela estava em crise de idade e completamente insana. Gente, já é quase Natal! Parece que foi ontem que o ano começou e eu fui pro colégio. Eu achava que quanto mais rápido o tempo passava, melhor. Só que hoje, eu acho que me equivoquei. O tempo passa, as estações mudam, as pessoas mudam. E vocês não têm idéia do quanto eu mudei. Pra melhor, pra pior, não sei. Mas mudei MUITO. Grande parte disso se deve a todas as coisas que passei, as pessoas que conheci e as lições que aprendi.
Nesse tempo que passei sem escrever aqui, conheci e me apeguei a pessoas incríveis. Marco, Beto, Arthur, Victor e ontem, o Luciano. Não disse à eles ainda, mas foi muito bom conhecer melhor todos vocês. Vou fazer uma pequena análise de cada um, assim fica mais fácil pra terem uma idéia.
O Marco é incrível, cara. É inteligente, divertido, sensível, fiel, romântico, etc, etc. Não vou continuar elogiando, porque não sei se ele tem ego inflável. Então, pra não criar um monólogo falando do quão legal ele é. Mas pra concluir, ele se tornou muito importante pra mim.
Eu sempre via o Victor postando na CI, mas ficava com vergonha de falar com ele. Até que finalmente tomei coragem e puxei assunto com ele, hahaha. E ele é MUITO mais legal do que eu pensava. Nossas conversas super profundas e intelectuais rendem demais.
É complicado falar do Arthur, porque eu nunca sei como ele vai reagir. É estranho, mas eu tenho medo de falar alguma coisa e deixar ele sem jeito. UIEAHOIU Mas eu adoro conversar com ele, e nós temos feito bastante isso ultimamente. E ele é muito fofo, cara. Por isso fico sem jeito de conversar mais com ele. auehiu
E ontem, o Luciano. Caaara, isso é muuuito legal. Porque eu achava que o Luciano era metido e tals (eu sempre penso isso das pessoas, é um problema), mas daí ele falou comigo ontem e me deixou TOTALMENTE sem ação. Foi tão fofo, juro que fiquei sem graça. Foi aí que percebi como ele era legal. Eu me odeio por tirar conclusões precipitadas sobre os outros, mas eu não consigo evitar. Desculpa, Luciano.
Por fim, o Beto. Cara, o Beto é muito foda. E foi ele quem me inspirou pra escrever hoje. Porque o aniversário dele foi no dia 10, e na semana que nos conhecemos, ele disse que não gostava de aniversário, da idéia de que era "um ano a menos", sendo que eu sempre considerei bom a idéia de que era "um ano a mais de experiência".
Toda vez que vemos determinada coisa de outro ponto de vista, tudo o que você imaginava que sabia sobre aquilo, se confunde. Hoje eu não sei mais se quero continuar envelhecendo, mesmo que seja inevitável. A menos que descubram uma fórmula da juventude, estamos condenados a definhar aos poucos. Mas lá vamos nós usar aquelas mensagens super clichês, de que não importa o tempo que vivemos. O que realmente importa é como vivemos.
Então eu vou continuar tendo crises de idade no meu aniversário, assim como o Beto. Mas continuarei me divertindo, saindo, rindo com os meus amigos, tendo meus desentendimentos com o coração.
Eu fiquei de dar um presente ao Beto, então é mais ou menos isso. Obrigado por me ajudar com esse texto. Feliz desaniversário. <3

Não, eu não esqueci os meus amigos de sempre. Os amo muito mais de que ontem e muito menos que amanhã. Afinal de contas, o que seria de mim se não tivesse vocês, não é mesmo?

Notas: a Björk é incrível, cara. Muito, muito, muito viciante. 5 years. <3
Solange, wow. Perfeição. Viciei muito nesses últimos dias. T.O.N.Y. e Cosmic Journey. <3
A Christina ainda é a Christina, não é? Genie 2.0.
don't forget about us, xx.
pequeno anexo com o desenho que o Beto fez. *-*


ruan as: ladybug.

5 comentários:

Rafa disse...

Nossa, tá cada vez melhor. xD Super espontâneo (palavra que me lembra macarrãozinho instantâneo) e lindo. Sobre o tempo... /Hmm É, acho que preciso de mais descansos pra entender o que ele é. E talvez ele não tenha sentido literal, ele não faça sentido, mas com certeza é sentido. o/ Beeijo.

Luciano disse...

Cada vez mais fã do seu blog!
Você é maravilhoso, parabéns pelos textos que você escreve! Te adimiro muito!
Nossa, eu sou o ponto de exclamação em pessoa... aheuahueauehauehaheuahueaueaehaueu
Ah, e não sou metido mesmo não :)

Mari Martins disse...

Aii, Ruan, como eu queria que o tempo tivesse parado em 2007, como eu queria que nada tivesse mudado.
Daria tudo pra voltar 2 anos.
Menos pela parque de não conhecer o povo CH ainda.
COMO eu odeio o fato de que tudo tenha mudado.
Fossa total.

Déeu *-* disse...

Aiinn.. *-*..
I love you. and you know that.
XO

Déeu *-* disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.